Site Autárquico de Alcobaça

HMB atuam em Alcobaça no 1º aniversário do Parque Verde

Notícias

06 de março 2020

No dia 21 de março, pelas 17h, festeja-se o 1º Aniversário do Parque Verde com os HMB, uma das bandas portuguesas de maior sucesso nacional e internacional.

 

Promete-se um grande concerto, alegre e com muito ritmo, num estilo musical que passa pelo soul e funk. A banda é constituída por Héber Marques (vocalista), Fred Martinho (guitarrista), Daniel Lima (teclista), Joel Silva (baterista) e Joel Xavier (baixista).

Multipremiados, os HMB estiveram nomeados para o prémio Best Portuguese Act, na edição de 2014, 2016 e 2017 dos MTV Europe Music Awards. Venceram o prémio de Melhor Música na edição de 2017 dos Globos de Ouro, com o tema "O Amor É Assim" (que também conta com a participação vocal de Carminho), assim como o prémio de Melhor Grupo na edição de 2018 do mesmo evento.

Este concerto integra a programação do Dia Mundial da Árvore, da Floresta e da Agricultura, que decorre nos dias 20 e 21 de março (das 10h às 18h) no Parque Verde, e que conta com uma programação para toda a família que visam despertar a comunidade para a importância das árvores no equilíbrio ambiental, estando previstas diversas atividades para as escolas, nomeadamente a abertura das duas estufas do Parque, um novo espaço pedagógico de educação ambiental.

Ainda dentro da temática ambiental, decorrerá a habitual campanha de “troca de papel/cartão velho por plantas”, assim como diversas atividades dirigidas às famílias, entre as quais, uma oficina dirigida aos mais novos e suas famílias “Árvores Generosas”, por Micaela Santos, onde se procurará estimular as habilidades manuais e capacidades inventivas das crianças e seus familiares e um jardim japonês, exposição de bonsais e de algumas peças de cerâmica, por Patrice Bongrand. Foi também pensado um momento de animação promovido pela “MARIA”, a nova mascote da OesteCIM que luta pela preservação do ambiente.

Haverá ainda uma mostra/venda de produtos regionais por associações e empresas que têm vindo a colaborar com o Município de Alcobaça em certames dedicados ao turismo, nomeadamente a BTL e os Vinhos de Lisboa assim como momentos desportivos para toda a família.

“O sucesso Parque Verde é inegável, assume-se como um novo ponto de encontro intergeracional e, em simultâneo, uma nova centralidade e um ampliamento da cidade” afirma o Presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, Paulo Inácio.

 

CONCERTO COM OS HMB . ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL . TROCA DE PAPEL VELHO POR PLANTAS . ATIVIDADES DESPORTIVAS . ESTUFAS PEDAGÓGICAS . MOSTRA E VENDA DE PRODUTOS REGIONAIS

 

 

:::::::::::::::

 

 

MAIS INFORMAÇÕES:

 

ESTUFAS – PARQUE VERDE

Na Estufa Grande irá estar patente a Exposição de fotografia “A Mata Atlântica vai até a minha casa: fauna e flora” (Brasil)

Por Savio Figueira Corrêa

A Mata Atlântica está no centro desta exposição de fotografia, em imagens que parecem interpelar diretamente a corda sensível e estética de quem as vê, a importância da preservação ambiental de um dos seis grandes biomas brasileiros. Aquela que é uma das florestas mais ricas em diversidade de espécies da fauna e flora do planeta e que, infelizmente, se encontra ameaçada de extinção, e que será dada a conhecer em 20 belíssimas fotografias. Os retratados, animais e plantas, símbolos de um país continente que é, ainda, apesar djos muitos atropelos, santuário da biodiversidade no mundo, parecem gritar a quem os vê a importância de preservar uma floresta que cobre 15% do território brasileiro, estendendo-se por 17 estados, 14 dos quais costeiros. Esse é o grande objetivo do autor da exposição que, assume o privilégio, tem a Mata Atlântica “mesmo em frente a casa”.  A variedade da flora, com frutos em diferentes estações do ano, facilita a “visita” de muitos animais da mata que, mesmo inadvertidamente, se ofereceram ao olhar atento e perscrutador de Savio Figueira Corrêa. Depois de mostrar aos seus três filhos pequenos “a importância de preservar as florestas”, é a um público mais vasto que oferece a dádiva e lança o alerta que é esta exposição. Uma vez que estamos numa estufa serão expostos exemplares das árvores que integram a exposição.

Será ainda desenvolvido um conjunto de atividades práticas que envolvam o público presente ao longo do dia no Parque Verde, tirando partido dessa envolvente da sua diversidade e botânica. Pretende-se alertar para a importância das plantas, das árvores e das florestas e do seu papel fundamental nos ecossistemas bem como a preservação da sua diversidade. Ao longo do dia serão desenvolvidas diversas atividades práticas e estimulantes que envolvam os participantes numa exploração ativa, a partir de uma bancada móvel de ciências promovidas pelo Exploratório- Centro de Ciência Viva de Coimbra. As estufa grande é um espaço misto onde poderá ter acesso a exposições de biodiversidade de flora e ter experiências e adquirir conhecimentos práticos sobre árvores, arbustos e plantas autóctones ou não.

A estufa mais pequena passará a ser o local onde se irão instalar os viveiros municipais como complemento das atividades de educação ambiental para as escolas permitindo às crianças que “sujem as mãos na terra” fazendo sementeiras e plantações percebendo a real importância da flora. Neste dia de inauguração estarão presentes os seguintes hortos Tropical Orchids Portugal com mostra de orquídeas, Associação Portuguesa de de Plantas Carnívoros e Xerovedras com mostra de catos e plantas suculentas.          

A Câmara Municipal de Alcobaça irá assinar um protocolo com a Universidade de Coimbra para criar uma parceria entre as duas entidades na promoção e desenvolvimento de atividades de educação ambiental para as escolas e para a comunidade.

 

Data: 20 e 21 de março

Horário: 10h-18h

Entrada livre

 

:::::::::::::::

 

 

HMB

Já eram amigos e já todos tocavam com outras formações quando, em 2007, resolvem formar os HMB, à margem do projecto “Que Amanhã” na Igreja Evangélica. Era uma maneira de conseguirem explorar outros caminhos, para além dos que habitualmente tocavam na Igreja. Numa primeira fase, esta reunião serviu de pretexto para a banda poder participar em concursos de talentos: “juntámo-nos para participar em concursos de bandas e ganhá-los”, dizem em tom de brincadeira. E ganharam muitos, até que a brincadeira se tornou cada vez mais séria.

O primeiro disco homónimo foi lançado em 2012 e “Dia D”, o primeiro single, foi quase um sucesso imediato de rádio. Estavam apresentados os HMB: Soul e RNB, com um toque de jazz, funk e hip hop, sempre em português e sempre com muito groove. As influências eram muito claras com a música negra norte-americana à cabeça: Al Green, Marvin Gaye, Stevie Wonder, Michael Jackson ou mais recentemente, os Roots, D’Angelo, Eryka Badu ou Common.

“Sente”, o segundo disco, é editado no final de 2014. “Feeling”, “Talvez” e o divertido “Naptel Xulima”, são os cartões de visita, que provam que o sucesso do primeiro disco não foi sorte - Os HMB não eram um fenómeno, mas uma certeza e uma banda preparada para fazer carreira. Neste segundo disco, a banda explora sonoridades mais dançáveis e convida outros artistas para estabelecer novas parcerias criativas: Da Chick, Samuel Úria, Sir Scracth e DJ Ride, emprestam o seu talento a “Sente”.

Passam os meses seguintes na estrada. Pisam os palcos de alguns dos maiores festivais portugueses - NOS Alive, Sol da Caparica, Avante ou as Festas do Mar em Cascais e para celebrar e fechar o ano esgotam o Teatro Tivoli BBVA em Lisboa. 2015 foi o ano da confirmação!

2016 chega com um dueto improvável, ao Soul e RNB dos HMB, junta-se o Fado de Carminho e nasce “O amor é assim” uma parceria há muito sonhada e a prova que na música não há fronteiras, e não há mesmo! “O Amor é assim” transforma-se no maior êxito dos HMB até à data e o single de apresentação do terceiro disco que chegará no final do ano. Em maio os HMB, concretizam a sua primeira tour internacional com 5 datas em África: Africa do Sul, Zimbabué, Namíbia, Botswana e Moçambique. Uma aventura lhes trouxe experiências muito enriquecedoras. O ano fecha com duas datas em Macau e o regresso a Angola.

Ao longo dos dez anos de carreira, os HMB já ganharam dois Globos de Ouro, participaram no Rock in Rio Brasil, produziram bandas sonoras para a televisão, esgotaram o Campo Pequeno, com o espetáculo “A Primeira Década” (2018).

Para este ano está previsto o lançamento de um novo álbum: “Melodramático”.

 

música

HMB

Parque Verde de Alcobaça

Data: 21 de março

Horário: 17h

Entrada livre

 

:::::::::::::::

 

 

O PARQUE VERDE É ATRAVESSADO PELO SISTEMA HIDRÁULICO DOS CISTERCIENSES DE ALCOBAÇA

O magnífico Mosteiro de Alcobaça, fundado no século XII, foi edificado junto à confluência dos rios Alcoa e Baça. A água era fundamental para os monges garantirem a sua existência em comunidade autónoma. A Abadia foi abastecida de água potável subterrânea, a partir de uma captação na Chiqueda, e de água comum, através de uma levada derivada do rio Alcoa. Os vestígios deste antigo sistema hidráulico são visíveis no Parque Verde de Alcobaça.

 

  • Conduta de água potável

É a rede de abastecimento hídrico do mosteiro, para finalidades de alimentação, higiene corporal e atos litúrgicos. Com origem no lugar de Chiqueda, tem uma extensão linear de 3,280 km e uma inclinação média de 1,6‰. Desenvolve-se, pela força da gravidade, em troços subterrâneos, superficiais e elevados,  o que revela notáveis conhecimentos de engenharia hidráulica por parte dos seus construtores. Na zona do Parque Verde, o aqueduto está ou estava implantado à superfície ou em elevação.

 

  • Levada

A derivação de água do rio Alcoa foi concebida para atividades que exigiam uma corrente forte, como a irrigação agrícola, a força motriz e a limpeza das latrinas dos monges.

A fim de prevenir subidas impetuosas do caudal na vala e inundações, construíram-se descarregadores de cheias para o rio Alcoa. Na zona do Parque, a travessia da conduta de água límpida para o mosteiro assenta, parcialmente, no talude direito da levada.

 

:::::::::::::::

 

 

1º Aniversário do Parque Verde de Alcobaça

20 e 21 de março | entrada livre

Organização: Câmara Municipal de Alcobaça

 

Contactos

Newsletter