Site Autárquico de Alcobaça

Poder transformador da Arte em debate no Dia Municipal da Educação

Notícias

06 de janeiro 2020

Que tipo de conhecimentos, capacidades, atitudes e valores necessitam os estudantes para ter sucesso e modelar o seu mundo? Como podem os sistemas educativos desenvolver esse conjunto de competências? Qual o papel das Artes no caminho a percorrer? São questões pertinentes que dão o mote para o Dia Municipal da Educação, assinalado no próximo sábado, 11 de janeiro, pelas 15h00, no Auditório da Biblioteca Municipal de Alcobaça, com um debate focado no tema “Arte e Educação – o poder transformador da Arte”.

A iniciativa irá contar com a presença de Sara Brighenti (Subcomissária Plano Nacional das Artes 2019-2029, um projeto dos Ministérios da Cultura e da Educação); Sara Matos (Diretora do Atelier-Museu Júlio Pomar); Maria Francisca Almeida Gama (Autora); e Leonardo Baptista (Músico - Stone Dead / Fuzzil). Quatro personalidades ligadas à Cultura que irão partilhar a sua experiência e o seu contributo para fortalecimento do setor.

“O Dia Municipal da Educação é uma celebração do papel fulcral de Alcobaça na fundação da Escola Pública em Portugal. Este contributo pioneiro do nosso concelho deve ser um motivo de orgulho para todos os alcobacenses, e é motivador para uma reflexão sobre a Escola que queremos ter no século XXI e qual o papel da Arte e da Cultura em todo este contexto. Sublinho a qualidade dos participantes neste debate que certamente irá abrir novas perspetivas sobre esta importante relação entre a Arte e a Educação, um dos pilares fundamentais da nossa democracia”, afirma a Vereadora da Cultura e Educação Inês Silva, que irá moderar o debate juntamente com João Mateus (Academia do SIM).

 

DIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO | 11  DE JANEIRO 2020 | 15H

Debate -  ARTE E EDUCAÇÃO – o poder transformador da Arte”

Auditório da Biblioteca Municipal de Alcobaça, entrada livre

   

Participantes:

 

Sara Brighenti – Subcomissária Plano Nacional das Artes 2019-2019 (Ministérios da Cultura e da Educação)

Sara Matos – Diretora do Atelier-Museu Júlio Pomar

Maria Francisca Almeida Gama – Autora

Leonardo Baptista – Músico (Stone Dead / Fuzzil)

 

Moderadores:

 

Inês Silva (Vereadora da Educação, Cultura)

João Mateus (Academia do SIM)

 

 

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

 

Biografias dos participantes:

 

 

Sara Barriga Brighent

 

 Multimédia0

 

Licenciou-se em Artes Plásticas/Escultura (1997, FBAUL UL). Mestre em Artes Visuais (1999, École Sint Lukas, Bruxelas). Pós-graduada em Museologia e Património (2001, FCSH UNL). Profissionalizada em Didática das Artes (2007, FPUL). Programa Avançado de Liderança (2018, INDEG-ISCTE). Fez investigação em Museus de Arte Contemporânea no âmbito da Programação de Serviços Educativos e Experiência Museal, tendo realizados estágios em vários museus em Portugal e no Museu Peggy Guggenheim, em Veneza (1999-2002).

Atualmente é subcomissária do Plano Nacional das Artes e membro do grupo de projeto para os «Museus no Futuro» - Ministério da Cultura.

Até Fevereiro 2019 coordenou o Museu do Dinheiro do Banco de Portugal, tendo sido responsável pela instalação deste museu e do núcleo de interpretação da Muralha de D. Dinis (2011-2016), gestão de equipas, exposições, edições, projetos com a comunidade, programação cultural e educativa.

Entre 2010/11 coordenou o serviço educativo da Casa das Histórias Paula Rego, foi consultora de programação do Teatro Viriato (2003/06), concebeu e coordenou projetos de programação e gestão de públicos para o Instituto dos Museus e Conservação (2007/12). Foi assessora do Ministério da Educação para o desenvolvimento dos programas de ensino artístico especializado (2006), consultora para a DGARTES - avaliação dos estágios INOV ART (2009/11). Concebeu e realizou atividades e projetos educativos para o CCB, Museu Gulbenkian, Museu do Chiado (1998/08). Concebeu projeto educativo para a o Alto Comissariado para as Migrações (2012). Participou no projeto Piloto de Educação Artística - Fundação Calouste Gulbenkian e Clube Unesco para a Educação Artística (2008/2010).

Entre 2001 e 2005 foi coordenadora de curso e docente no ensino artístico (Escola Artística António Arroio). Docente no ensino básico e secundário (1997 a 2009) e no ensino superior, Instituto Piaget (2002/04) e Instituto Superior de Ciências da Educação (2008/09). É autora de livros, artigos e manuais escolares de Educação Visual e de suportes didáticos de interpretação e mediação artística.

É formadora certificada nas áreas da museologia, programação educativa e cultural e educação museal, tendo desenvolvido projetos de formação-ação e consultoria para várias entidades como a Rede Portuguesa de Museus, Fundação C. Gulbenkian, Autarquias, Artemrede, Museus e várias entidades privadas.

Desde 2000 participa regularmente como oradora em conferências, seminários e encontros.

Em 2008 fundou a Associação i.Muse - Educação e Mediação na Cultura.

 

 

 

Sara Antónia Matos

 

 Multimédia1

 

Diretora do Atelier-Museu Júlio Pomar, desde 2012, tendo acumulado também a direção e programação das Galerias Municipais de Lisboa, desde janeiro de 2017 a março de 2019. Presentemente faz parte da Comissão Instaladora do Banco de Arte Contemporânea – BAC. É formada em Escultura na Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa, Mestre em Estudos Curatoriais e Doutorada com a tese “Da Escultura à Espacialidade” na mesma Universidade. É curadora desde 2006 tendo apresentado exposições em várias instituições, desde o CAM da FCG, FCC, Museu Berardo, etc. Publica regularmente ensaios sobre arte, em catálogos e revistas da especialidade e é coordenadora da coleção Cadernos do Atelier-Museu Júlio Pomar.

 

 

 

Maria Francisca Gama

 

Multimédia2

 

 

Jovem escritora de 22 anos. Iniciou o seu percurso no mundo literário aos 15 anos, com a edição do livro “Em Troca de Nada”, e continuou, aos 17, com a publicação de “Madalena”.

Promete que 2020 será o seu ano, com a entrega do “Profeta” aos leitores. Já percorreu dezenas de escolas de norte a sul do país, e acredita que todos os sonhos são concretizáveis se forem encarados como metas.”

 

 

Leonardo Baptista

 

 

 Multimédia3

 

 

Músico eclético, iniciou o seu percurso musical no Jazz e trilha, atualmente, os caminhos do Rock com Fuzzil (vocalista, guitarrista) e Stone Dead (baixista, vocalista), contando na bagagem com 4 registos fonográficos (2 EP’s e 2 Lp’s) amplamente elogiados pela crítica especializada.

Freelancer em fotografia, vídeo e edição, estuda, atualmente, na Escola Superior de Artes e Design.

Contactos

Newsletter