Site Autárquico de Alcobaça

Palco no Rossio

 

 

 

“Palco no Rossio” é a nova rubrica na programação cultural de primavera/verão do Município, um instrumento de cultura de rua agregador de diferentes perfis culturais e artísticos que se vão cruzar com públicos de todas as idades, mesmo junto ao Mosteiro de Alcobaça, lugar patrimonial e cultural por excelência.

 

 

 

 


ESPETÁCULO DE ARTES DE RUA
FRENTE AO MOSTEIRO – PRAÇA 25 DE ABRIL

 

A FEIRA é um espetáculo de artes de rua, da companhia RADAR 360°. Inspirados nos fluxos nómadas e itinerantes das Festas e das Romarias, e das Histórias das suas gentes, criamos uma Feira-Circo de autor, que reinventa em permanência as suas próprias regras. Porque vamos à Feira? Que ritual é este? Como vivemos o efémero? A FEIRA como arte da Mistura e do Encontro. Arte multidisciplinar! Este espetáculo é uma coprodução da companhia com a Artemrede, e resulta numa experiência imersiva que percorre 12 dos municípios da rede: Abrantes, Alcanena,
Alcobaça, Almada, Montemor-o-Novo, Montijo, Palmela, Pombal, Santarém, Sobral de Monte Agraço, Tomar e Torres Vedras.
A FEIRA tem Direção Artística de Julieta Rodrigues e inclui um documentário cinematográfico sobre todo o processo de criação e apresentações, realizado por Patrícia Poção.

 

Ficha artística e técnica
Direção Artística: Julieta Rodrigues
Responsável Movimento e Assistência de Encenação: António Oliveira
Interpretação: André Araújo, Douglas Melo, Marisa Vieira, Mavatiku José, Patrícia Queirós,
Pedro Estevam, Pedro Henriques, Pedro Matias e Ricardo Passos
Sonoplastia: Filipe Lopes
Operação de Som: Rafael Maia e Bernardo Bento
Produção Executiva: Joana Domingos
Cenografia, Adereços e Figurinos: Hugo Ribeiro
Direção técnica e Operação de Luz: Rui Azevedo
Direção técnica e montagem: Boca de Cão
Vídeo, Fotografia de Cena e Documentário: Patrícia Poção
Coprodução: Radar 360° e Artemrede Apoio Centro 2020 | Programa Operacional Regional
do Centro e República Portuguesa – Cultura I DGARTES – Direção-Geral das Artes

 

 

Público geral |M/6 | Entrada livre mediante levantamento de bilhete no local e dia do espetáculo | Bilheteira no local: 15h às 18h e das 19h às 23h

 

 

 

 

 

 



JUNTO AO MOSTEIRO 

 

Elementos dos ranchos do concelho, vestidos a rigor, recriam o ambiente do Mercado do séc. XIX que tinha lugar junto ao Mosteiro. Nessa época, os agricultores e os artesãos, das diversas freguesias do concelho, vinham à Vila regularmente vender os seus produtos: pão, fruta, hortaliças, enchidos, azeite, vinho, mel, cestas e peças de barro.
Haverá ainda lugar para recriações das danças, cantares, bailes, jogos tradicionais, idas à fonte e desfiles de noivos.

 

Organização: Câmara Municipal de Alcobaça e Ranchos Folclóricos do Concelho
Público geral | Entrada livre
Sábado: 15h00 às 20h30 | Domingo: 14h00 às 20h30

 

 

 

 



FRENTE AO MOSTEIRO – PRAÇA 25 DE ABRIL

 

“Amália Hoje” é um projeto pop português criado por Nuno Gonçalves (The Gift) em colaboração com Sónia Tavares (The Gift), Fernando Ribeiro (Moonspell) e Paulo Praça.
Para assinalar o 10º aniversário da morte de Amália Rodrigues, Nuno Gonçalves foi convidado pela Valentim de Carvalho, a reinterpretar algumas canções do vasto catálogo da “Diva do Fado”.
Assim nasceu o disco, “Amália Hoje” com edição em 27 de abril de 2009, com nove fados reinterpretados com uma abordagem pop contemporânea. Nessa altura Nuno Gonçalves afirmava que “Amália foi a primeira e talvez a única artista pop com dimensão mundial, que Portugal alguma vez teve”.
O primeiro single, “Gaivota”, um poema de Alexandre O’Neill e música de Alain Oulman, foi cantado por Sónia Tavares tornando-se no maior sucesso de rádio do ano. O trabalho“Amália Hoje” conquistou a tripla platina com mais de 80.000 unidades vendidas só em Portugal, tendo sido um dos últimos grandes fenómenos nacionais de vendas, tendo também ultrapassado fronteiras com concertos na Ásia, no Canadá, EUA, Brasil, além de vários países europeus.
Chegou agora o momento de poder assistir de novo a este projeto, que encerrará um ano de homenagens do centenário do nascimento da nossa maior Diva do Fado.
A banda volta à praça do Mosteiro de Alcobaça onde também se juntam Mário Barreiros na bateria, Israel Pereira na guitarra, Carl Minneman no baixo e um coro de sete elementos.

 

Este espetáculo é promovido pelo Município de Alcobaça, no âmbito da parceria “Rede Cultural - Lugares Património Mundial do Centro 2.0”, financiado pelo programa Centro 2020. Este projeto tem como parceiros os Municípios de Alcobaça, Batalha, Coimbra e Tomar, com intuito de valorizar o património classificado pela UNESCO de cada região, dando continuidade ao trabalho desenvolvido pela anterior parceria, liderada pela Turismo do Centro de Portugal.

 

 

Público geral | Entrada livre

 

 

 

 

 


FRENTE AO MOSTEIRO – PRAÇA 25 DE ABRIL
JAZZ

 

Neste seu novo projeto, o guitarrista alcobacense propõe uma espécie de regresso às origens, às suas primeiras influências e aventuras pelo jazz moderno: o quarteto com guitarra, piano, baixo e bateria. Procurando reinventar e refrescar esta formação, Trindade apresenta-se em palco com um arrojado cruzamento de músicos: o intenso baixista Aires Pereira (Moonspell), e os emergentes Edgar Alexandre (piano) e Luís Pereira (bateria).

 


Hugo Trindade | guitarra, loops, vocoder
Aires Pereira | baixo elétrico
Edgar Alexandre | piano elétrico, órgão
Luís Pereira | bateria

 


Público geral | 45 min | Entrada livre

 

 

 

 

 

FRENTE AO MOSTEIRO – PRAÇA 25 DE ABRIL
ROCK

 

Amantes de canções simples e diretas, o universo Sidewalkers não é um cenário negro e depressivo com que se aborda o mundo, mas um quadro aberto a todas as emoções e pensamentos em que tudo se pode escrever, como se tivéssemos os olhos fechados e alguém nos
chegasse ao ouvido e sussurrasse: “Belo”. Após terem sido considerados, em 2009, banda Novos Talentos Fnac e em 2011 editado o seu álbum de estreia, os Sidewalkers atuaram durante alguns anos nos mais diversos palcos nacionais, sendo de destacar o Festival Paredes de Coura. Passaram por um período de pausa e regressaram em plena pandemia com o vídeo “manipulation”, prometendo um regresso às edições discográficas e a novos palcos em 2022.

 


João Jerónimo | voz, baixo elétrico
Renato Caetano | guitarra, voz
Emanuel Severino | bateria, voz

 


Público geral | 45 min | Entrada livre

 

 

 

 

 

COMEMORAÇÃO DO DIA MUNDIAL DA CRIANÇA
FRENTE AO MOSTEIRO – PRAÇA 25 DE ABRIL


No YouTube/VEVO os seus vídeos já somaram mais de 37 milhões de visualizações.Entre eles, encontramos êxitos que têm feito as delícias dos mais novos, como “Transportes”, “Passadeira”, ou “O Bombeiro”, “A professora”, e “O DJ”, que juntos ultrapassam os 20 milhões de visualizações.
Em 2018, foi editado o DVD “As Músicas da Sónia”, que liderou o Top nacional devendas, tendo se também estreado no Canal Panda. De imediato as músicas de Sónia Araújo viajaram para casas e escolas do país inteiro. Os seus vídeos e cançõeschegaram a ser adoptados por professores e auxiliares de educação que osutilizaram como instrumento de trabalho para ensinar aos seus alunos “As Profissões”.
A confirmar o seu enorme talento para a dança e a sua popularidade e simpatia juntodo público em geral, Sónia, venceu o concurso da RTP1 “Danças do Mundo” ondecom ela participaram e concorreram outras figuras públicas femininas do meiotelevisivo e do entretenimento em Portugal.
As Aulas da Sónia, é um espetáculo para toda a família. É a delicia não só dos mais pequenos, mas também dos adultos, mães, avós, pais que cresceram com a presençaconstante da apresentadora nas manhãs da RTP.

 


Público geral | Entrada livre

 

 

 

 



FRENTE AO MOSTEIRO – PRAÇA 25 DE ABRIL

 

Uma viagem musical pelos anos 60 e 70, onde o público poderá desfrutar de uma diversidade de músicas para todos os gostos e nacionalidades.
Um espetáculo para recordar temas de célebres cantores americanos como Elvis Presley, Dean Martin, Frank Sinatra, entre outros, passando ainda por Espanha com Júlio Iglesias e França com Joe Dassin.
Um concerto mágico na belíssima voz de Francisco Peças acompanhado pela banda orquestrada pelo maestro e pianista Mário Rui Teixeira.

 


Público geral | Entrada livre

 

 

 

 


FRENTE AO MOSTEIRO – PRAÇA 25 DE ABRIL

 

“Mariposa” o novo álbum de Churky é apresentado em Alcobaça em primeira mão.
Diogo Rico (nome de Churky) é autor de todos os temas que foram gravados no Estúdio Bolota em Alcobaça. As músicas voltam a destacar um toque diferenciador, que o levou à vitória no EDP Live Bands 2018 e catapultou Churky para um reconhecimento maior, como são os casos das atuações nos festivais NOS Alive (Portugal), Mad Cool (Espanha) e Belém Art Fest (Portugal).

 


Público geral | Entrada livre

 

 

Contactos

Newsletter