Site Autárquico de Alcobaça

INCREMENTO DO RISCO DE INCÊNDIO RURAL-FLORESTAL – CONDIÇÕES METEOROLÓGICAS ADVERSAS

Notícias

03 de setembro 2021

1 – SITUAÇÃO

Sábado, 4 de Setembro de 2021

  • Humidade relativa do ar inferior a 30 % durante a tarde no interior Norte e Centro e na região Sul até junto do litoral, com fraca recuperação na noite de 04/05 nas regiões do interior, em especial nas terras altas, com boa recuperação para valores elevados na costa do Algarve. Vento fraco inferior a 15 km/h, soprando por vezes moderado até 25km/h do quadrante oeste durante a tarde. Pequena subida da temperatura (temperatura máxima entre 30 e 35 C nas regiões do sul e do interior centro e norte).

Domingo, 5 de Setembro de 2021

  • Humidade relativa do ar inferior a 30 % durante a tarde no interior até junto do litoral oeste Centro e Sul, com fraca recuperação na noite de 05/06 no interior Norte e Centro, em especial nas terras altas. Vento fraco até 30 km/h do quadrante sul, soprando por vezes forte até 40 km/h nas terras altas do Centro e Sul, em especial a partir da tarde, com possíveis rajadas até 60 km/h. Aumento gradual da instabilidade atmosférica nos níveis médios e altos ainda seco nos níveis baixos durante a tarde. Subida da temperatura máxima (temperatura máxima entre 30 e 35°C na generalidade do território, até 37°C no Alentejo e no médio Tejo).

Segunda-feira, 6 de Setembro de 2021

  • Humidade relativa do ar inferior a 30 % durante a tarde no interior onde não ocorrer precipitação. Aguaceiros, mais prováveis no Norte e Centro. Vento moderado até 30 km/h do quadrante sul, soprando forte até 45 km/h nas terras altas, sendo possíveis rajadas até 70 km/h. Instabilidade atmosférica. Pequena descida da temperatura máxima (temperatura máxima até 35º C). Pequena subida da temperatura mínima para valores acima de 20º C (de 05 para 06) no interior do Alentejo, Santarém e sotavento algarvio

Amanhã, risco de incêndio rural em nível elevado e muito elevado nas regiões do médio e alto Tejo e do interior centro e norte, em nível muito elevado no Algarve, sendo moderado nas restantes regiões

Domingo, agravamento do risco de incêndio rural para níveis muito elevado e máximo no Algarve, regiões centro e norte (exceto numa estreita faixa do litoral norte) e em nível elevado no Alentejo

2 - EFEITOS EXPECTÁVEIS

Aumento da dificuldade das ações de supressão dos incêndios rurais em consequência do incremento do índice  do perigo meteorológico de incêndio (FWI)

3 – MEDIDAS DE AUTOPROTEÇÃO

O Serviço Municipal de Proteção Civil (SMPC) de Alcobaça e os Corpos de Bombeiros do Município (Alcobaça, Benedita, Pataias, São Martinho do Porto), recomendam a adequação dos comportamentos e atitudes face à situação de perigo de incêndio rural, nomeadamente com a adoção das necessárias medidas de prevenção e precaução, observando a legislação em  vigor, e tomando especial atenção ao perigo de incêndio neste período, disponível junto dos sítios prociv.pt icnf.pt ipma.pt

4 – DETERMINAÇÕES OPERACIONAIS

As determinações operacionais aplicam-se a todos os Agentes de Proteção Civil e Socorro:

- a elevação para o Estado de Alerta Especial (EAE), do SIOPS para o DECIR, para o nível AMARELO de 050000SET21 a 062359SET21

- a análise e a implementação de medidas preventivas por  forma a mitigar o risco de incêndio

- o permanente acompanhamento e controlo de todas as eventuais ocorrências, através de um aumento das ações de monitorização, com especial enfoque nas áreas historicamente identificadas como mais sensíveis

- a imediata informação ao Serviço Municipal de Proteção Civil (SMPC) de Alcobaça sobre todas as situações operacionais relevantes

Contactos

Newsletter