Site Autárquico de Alcobaça

Maior Cistermúsica de sempre reforça aposta na inclusão e na democratização da música erudita

Notícias

26 de junho 2019

O Cistermúsica – Festival de Música de Alcobaça realiza, de 28 de junho a 28 de julho, a sua maior edição de sempre com 50 concertos espalhados por todo o país, imbuídos de uma missão: democratizar o acesso à música erudita, tornando-a popular e inclusiva.

Ludovice Ensemble, Kronos Quartet, Madeleine Peyroux, Camané, Mário Laginha e Rão Kyao são algumas das propostas de um programa que pode consultar na página oficial do evento – aqui. A maior parte dos espetáculos, cerca de 30, serão realizados no concelho de Alcobaça, tendo o Mosteiro de Santa Maria como verdadeiro epicentro do evento, com cerca de 21 espetáculos.

Outros espaços municipais como o Parque Verde, Museu do Vinho e o Cine-Teatro de Alcobaça irão receber atuações assim como as freguesias de Pataias, Benedita e São Martinho do Porto.

“O tema deste evento – Erudito e Popular – reveste-se de uma particular importância tendo em conta o seu propósito original de dar às pessoas acesso a determinados formas de expressão artística que de outra forma não teriam. A componente da inclusão é um dos grandes pilares deste festival e uma das dimensões mais valorizadas pela Camara Municipal de Alcobaça. O facto de este festival de âmbito nacional contar com a presença de alunos da Academia de Música de Alcobaça faz com que o envolvimento e a dinamização da comunidade local sejam maiores. O Cistermúsica representa também uma boa oportunidade de valorização do nosso património cisterciense, uma das marcas mais importantes deste nosso território” afirmou a Vereadora da Cultura, Inês Silva, na conferência de imprensa de lançamento da presente edição, realizada ontem no Mosteiro de Alcobaça.

Criado em 1992 por iniciativa da Câmara Municipal de Alcobaça, o Cistermúsica é, desde 2002, co-organizado pela autarquia e pela Banda de Alcobaça, com produção da Academia de Música de Alcobaça.

Contactos

Newsletter