Site Autárquico de Alcobaça

Programa do dia

15 outubro

 

 

10h00 às 16h30 > Polidesportivo do Centro Escolar de Alcobaça

 

Cinema 360º

 

Hemispherium Viajante - cinema a 360º
Exploratório Ciência Viva de Coimbra

 

É uma sala de cinema especial! Porquê? Porque a projeção é hemisférica, ou seja, os filmes são projetados a 360 graus num teto em formato de cúpula. Venha viver uma experiência que o vai envolver por completo! Preparados?

 

Sessões às 10h00/ 11h00/ 12h00/ 14h30/ 15h30/ 16h30

10H00: Astronomia para Bebés
11H00: Animais nossos amigos
12H00: A noite do Vampiro
14H30: Corpo Humano – a máquina mais complexa
15H30: O Universo de Escher
16H30: O Céu d’Os Lusíadas

 

Público geral e familiar | 30 min/sessão | Limite: 50 pax./sessão

 

 

:::::

 


15h00 > Armazém das Artes

 

Lançamento do livro

 

A Manjedoura Treme-Treme
de Joana Silva e Ricardo Martins

 

Voz: Joana Silva
Música e guitarra: Ricardo Martins

A tradicional história do presépio remete-nos para a jornada de Maria e José até ao nascimento do menino Jesus. Mas, na verdade, deles, já tudo sabemos. Com esta Trilogia ficaremos a conhecer as aventuras de três personagens pouco faladas e nada conhecidas da epopeia de Belém. Embarcaremos numa viagem com o carismático e bonacheirão Burro Tobias, que usará o seu calor para aquecer o bebé; a assustada e lutadora Manjedoura Treme-Treme, que embalará o menino com o seu tremelicar; e a empertigada e mandona Estrela Cintilante que a todos iluminará e guiará em direção à sua missão: salvar Jesus!

 

Público geral e famílias | M/3

 


:::::

 

 

18h30 > Pastelaria Alcoa

 

Encontro com Escritores

 

Fernando Ribeiro

 

Apresentação do seu segundo romance “Café Kanimambo”
Moderação de António Pedro Vicente

 

Num verão de que não há memória na Lagoa de Albufeira, Vítor Batista (ex-futebolista caído em desgraça e alcoólico), o Doutor Paulo (um deputado da nação que tenta esconder um segredo obscuro), o Senhor Braz (dono de uma loja de brinquedos em Benfica, que podia ser feliz, mas não consegue) e o Raça (um operador de máquinas com um sonho simples), quatro homens com pouco em comum, veem-se, contra todas as expectativas, subitamente envolvidos numa espiral de sexo, vergonha, castigo, justiça popular, crimes sexuais, homens e demónios.

 

Fernando Ribeiro
Fernando Ribeiro nasceu em 1974 em Lisboa e foi criado no Bairro da Brandoa, nos arredores
da Amadora. Em 1992 cria a banda de Heavy Metal Português MOONSPELL que em 2022 celebrou 30 anos. Nestas três décadas, o grupo tornou-se o mais internacional de sempre de toda a Música Portuguesa com milhares de discos vendidos e tours nos 5 continentes.
Em 2001 edita o seu primeiro livro de Poesia “Como Escavar um Abismo” a que se seguiram outros dois (“As Feridas Essenciais” e “Diálogo de Vultos”.) Abraca o amor pelas Letras no Curso de Filosofia e acumula experiências no campo da ficção (“Senhora Vingança” contos/2011), e do comentário (TSF, Jornal de Leiria). Tem dois romances editados (Bairro Sem Saı́da e Café Kanimambo) e comeca a despertar na Literatura o mesmo impacto que tem na música. Sairá numa tournée para promover os seus livros em breve no território nacional.

 

António Pedro Vicente
António Pedro Vicente nasceu em 1988, nas Caldas da Rainha. É licenciado em Ciências da Educação pela Universidade de Lisboa. Tem prestado o seu contributo na compreensão do pensamento poético através da colaboração em tertúlias, recitais, antologias, entre outros eventos literários. Em 2021 publicou o seu primeiro livro de poesia, A Lenta Descida Pela Noite dos Teus Lábios, vencedor do prémio Melhor Obra 2022, atribuído pela editora. Em 2022 esteve presente na 5ª Edição do São Tomé Literary Festival, que decorreu em São Tomé e Príncipe. Apresenta este ano o seu segundo livro, O Lavor da Mão Que Me Acaricia o Rosto, um continuum do trabalho poético que tem vindo a desenvolver. Desta vez, com maior irreverência e sofisticação, com novas imagens que nos transportam para o quotidiano intimista, lado a lado com a temática do amor rotineiro. Ainda a presença de outros símbolos, constantes ao longo da obra, com ressalva para o papel das mãos e da força do elogio. Um estilo que pretende proporcionar ao leitor uma experiência mais eficaz na relação com a poesia.

Contactos

Newsletter